Lula convida para o lançamento de sua pré-candidatura no dia 27

  Recado foi transmitido à militância por Wadih Damous, um dos advogados do ex-presidente Roger Azevedo   Na qualidade de advogado, o deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) visitou, nesta segunda-feira (21), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba. Ao deixar a sede da PF, o deputado fez um...

Jessé Souza: Lava Jato é o maior engodo da história do Brasil

  O programa Batalha das Ideias, com o sociólogo e escritor Jessé Souza, abordou na TV 247 nesta semana as contradições da Operação Lava Jato, que age em parceria com o mercado financeiro e a mídia para omitir as reais vias de corrupção do País: enquanto o mercado financeiro rouba, a Globo mente. Jessé reforça que a Lava Jato é o maior engodo da...

Acusaram o golpe: Estadão conclama “manifesto do cinismo”

  O jornal O Estado de São Paulo, porta voz do rentismo da Avenida Paulista, conclama em editorial as forças conseqüentes do país para o manifesto liderado por FHC que defende a formação de um “pólo democrático e reformista”. Por Ricardo Capelli* O Estadão chama isso de “mobilização pela democracia”. Segundo a família Mesquita, a democracia...

Novos relatos apontam que base militar no AP esconde cemitério com desaparecidos do Araguaia.

por Carlos Madeiro Relatos colhidos pela Comissão Estadual da Verdade do Amapá apontam para um local onde estariam restos mortais de desaparecidos da guerrilha do Araguaia nos anos 1970. Segundo depoimentos, mortos na Ditadura Militar (1964-1985) teriam sido enterrados em um cemitério clandestino dentro de uma base militar no município de...

Alta dos combustíveis é fruto da política de desmonte da Petrobras no governo Temer

  Nos últimos 12 meses, gasolina subiu 18%; aumentos ocorrem devido à decisão de aderir a preços internacionais por Rafael Tatemoto Protestos de caminhoneiros no país têm chamado a atenção para o custo dos combustíveis derivados de petróleo no Brasil, situação que o consumidor já vem sentindo cotidianamente. Nos últimos 12 meses, o preço médio da...

ENSINO SUCATEADO: Pará recebe R$21 milhões em recursos emergenciais para educação

  MEC anunciou a verba nesta terça-feira, 22. Por G1 O Ministério da Educação informou nesta terça-feira (22) que disponibilizou R$ 21.097.031,86 para auxiliar prefeituras municipais do Pará a superar dificuldades financeiras emergenciais. Foram liberados R$ 600 milhões para aproximadamente 5,5 mil cidades brasileiras que recebem o Fundo de...

Corpo de PM morto a tiros no bairro do Una é velado na Paróquia dos Capuchinhos

  Policial estava com a esposa quando foi abordado por motoqueiros armados. Ele foi atingido na cabeça. Corpo do sargento Sebastião Rosário Miranda, assassinado na manhã desta terça-feira (22), no bairro do Una, em Belém, é velado na capela Paróquia São Francisco de Assis, a Capuchinhos. O enterro será na quarta (23), em um cemitério particular...

INSTITUTO PAULO FONTELES DE DIREITOS HUMANOS

CartazO Instituto Paulo Fonteles de Direitos Humanos é uma entidade da sociedade civil, sem fins lucrativos, democrática, ecumênica, apartidária e politizada que atua na promoção e defesa dos direitos humanos observando sua universalidade, interdependência e indivisibilidade nas condições da Amazônia paraense, região marcada por conflitos históricos gerados pela forte penetração econômica de grupos nacionais e estrangeiros que, nos últimos 50 anos, foi o principal gerador do caos fundiário, grilagem das terras, crimes de pistolagem, desmatamento, genocídio indígena, pilhagem das riquezas, trabalho escravo, impunidade, fome e miséria.

O Instituto Paulo Fonteles de Direitos Humanos atuará no sentido de estimular a organização do povo, sua consciência crítica, na perspectiva da compreensão de sua condição de oprimido e buscando caminhos para conquistar ou fazer valer direitos inalienáveis, como a saúde, a segurança, a cultura, a educação, o direito à memória, a verdade, a justiça e à vida plena. Sua plataforma consiste na luta por uma sociedade justa, livre, igualitária, culta e sem classes.

A luta de Paulo Fonteles é fonte de inspiração para as novas e futuras gerações, que no limiar do século 21 ainda enfrentam os mesmos problemas. A sociedade, passados quase 30 anos de seu martírio, é muito desigual. Conhecer a vida de combates de Paulo Fonteles pela democracia, pela reforma agrária, pela independência nacional, pelos direitos humanos, fortalece, na sociedade,  a perspectiva de dias melhores.

AGENDA

SOBRE PAULO FONTELES

A trajetória daquele que seria uma das mais contundentes vozes da luta contra o latifúndio e em defesa das liberdades púbicas teve inicio quando o Brasil estava encarcerado pela quartelada de 31 de Março de 1964, que submeteu o país aos terríveis anos da Ditadura Militar, marcada pelas torturas e assassinatos, além da submissão aos interesses externos, notadamente estadunidenses.

O jovem Paulo Fonteles, oitavo filho do marítimo Benedito Lima e de Cordolina Fonteles – uma dona-de-casa que se tornou símbolo da luta conta a impunidade depois de seu assassinato, em 1987 – tomou parte nas manifestações que eclodiram pelo país quando do assassinato do estudante paraense Edson Luís, morto pela repressão política no restaurante Calabouço, no Rio de Janeiro. Naqueles dias a juventude brasileira ganhou pessoa e postura.

Seus relatos daquele período, pela força da sua poesia, revelam a permanente luta pela vida na forma da denúncia da bestialidade dos torturadores que alcunhava como “cães que cavalgam soltos”. Ali, no famigerado Pelotão de Investigações Criminais (PIC) e depois na Barão de Mesquita, no Rio de Janeiro, um dos maiores centros de tortura do país onde os bárbaros foram adestrados  por  víboras  que  insistiam  em afirmar que os métodos da Gestapo estavam ultrapassados e que era necessário reinventar a Santa Inquisição. Naquelas duras condições, ao saberem da resistência armada da Guerrilha do Araguaia, no Sul do Pará, tanto Paulo quanto Hecilda ingressam nas fileiras do Partido Comunista do Brasil.

Paulo Fonteles é eleito o primeiro presidente da Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos (SDDH) e nesse ambiente, em 1978, se coloca à disposição da Comissão Pastoral da Terra (CPT) para advogar para os camponeses do Sul do Pará.

Sua atuação, como advogado da oposição sindical nas contendas contra o pelego Bertoldo Siqueira, na luta para retomar para as mãos dos lavradores o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Conceição do Araguaia vai destilar o ódio em famigerados, como o Major Curió e o Ministro Jarbas Passarinho. Muitos dos instrumentos e quadros da repressão atuaram para derrotar a oposição e até a Rádio Nacional de Brasília fazia campanha para os caudatários do militarismo.

Em 1982 é eleito Deputado Estadual sob a consigna de “Terra, Trabalho e Independência Nacional” e no curso de sua atuação parlamentar é constantemente ameaçado e por diversas vezes denuncia da tribuna da Assembleia Legislativa do Pará as macabras listas de marcados para morrer onde figurava.

Em 1985, um Coronel do Exército e latifundiário, Eddie Castor da Nóbrega anuncia num dos principais jornais paraenses que iria atentar contra a vida do então Deputado. Fonteles no mesmo jornal responde que “se um coronel tem a ousadia de ameaçar de morte um Deputado abertamente, o que este senhor não faz com os trabalhadores rurais de sua fazenda”, concluiu.

Em 11 de Junho de 1987 todas as ameaças se confirmam e no final da manhã daquele dia é assassinado a mando da União Democrática Ruralista (UDR) na região metropolitana de Belém. A ação que atentou contra a vida de Paulo Fonteles ocorreu no mesmo momento em que se votava, no âmbito da constituinte, o Capítulo da Terra.

  • BREVE TRAJETÓRIA DA VIDA DE PAULO CÉSAR FONTELES DE LIMA

Até hoje os mandantes do assassinato de Paulo Fonteles não foram levados a julgamento e, como centenas de casos da pistolagem perpetradas pelo latifúndio seu crime permanece impune o que revela o caráter do judiciário paraense e brasileiro.

Agende-se
ASSISTA A ÍNTEGRA DA HOMENAGEM A PAULO FONTELES

Paulo Fonteles, sem ponto final

...

...

...

...

...

...

...

DELAS POR ELAS – CONVERSA VIVA

MAIS NOTÍCIAS

para os demais posts visite o BLOG.

Carta Aberta ao Ministro Marco Aurélio Mello

  por Márcia Tiburi Escrevo essa carta porque insisto em acreditar no Brasil e confio que o Senhor também acredita na democracia, esse valor tão em baixa no Estado brasileiro. No julgamento do Habeas Corpus impetrado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da...

Lula no ‘Le Monde’: Por que quero voltar a ser presidente

Em artigo para o jornal francês, ex-presidente reafirma a farsa judicial para tirá-lo das eleições, que só serão democráticas se houver participação de todas as forças políticas Sou candidato a presidente do Brasil, nas eleições de outubro, porque não cometi nenhum...

Oposição impede avanço do “pacote do veneno”

  Após quase três horas de obstrução, deputados da Oposição conseguiram barrar a votação do Projeto de Lei (PL) 6299/02, que “regula” defensivos fitossanitários. Na prática, a proposta revoga a atual Lei de Agrotóxicos (7.802/89) e libera o uso amplo dessas...

PMs disparam balas de borracha contra torcedores do Paysandu

  O lugar escolhido pela Fiel para comemorar o título da Copa Verde foi a avenida Doca de Souza Franco, no bairro do Reduto, na noite desta quarta-feira (16), em Belém. Porém, o que poderia ter sido só alegria, não foi. Um grupo de torcedores viveu momentos de pânico....

REDE TVT – SEU JORNAL

Aqui você pode assistir os jornais diários produzidos pela TV dos Trabalhadores.

Parceiros

Sites Relacionados

Redes Sociais

Coleções de Fotos

  • 1ª Caravana de Familiares de Mortos e Desaparecidos no Araguaia

VEJA AS FOTOS DO EVENTO

Paulo Fonteles - 30 anos

.

.