Escolha uma Página

 

Nestes dias de carnaval e feriado (28/02 e 1º/03), a agenda do Presidente da Associação dos Torturados na Guerrilha do Araguaia – Sezostrys Alves e do Presidente do Instituto Paulo Fonteles de Direitos Humanos – Paulo Fonteles Filho, foi de agendas de trabalho e articulações acerca do Planejamento das Ações das referidas entidades neste ano de 2017.

Já ficou acertado, e com um bom caminho de viabilidade construído, para em Abril, realizarmos em Marabá, o “I SEMINÁRIO DE ANISTIA E DIREITOS HUMANOS NO ARAGUAIA”, onde deverá contar com a presença do Presidente da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça – Drº Luis Fernando, da Conselheira Decana da Comissão de Anistia – Drª Ana Oliveira e demais outros Conselheiros.

Estaremos convidando também, a Comissão de Mortos e Desaparecidos Políticos da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, UNIFESSPA, Ministério Publico Federal (Marabá), autoridades estaduais (Comissão de Direitos Humanos e Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa do Pará), Deputados Federais, Senador Paulo Rocha e a Direção Nacional do PCdoB. Com o apoio irrestrito do mandato do Vereador Gilson Dias, do PCdoB em Marabá.

Nesta oportunidade, iremos pautar e deliberar temas relacionados a questão da Anistia aos Camponeses do Araguaia, perseguidos pelas forças militares durante a Guerrilha do Araguaia, além dos esforços por encontrar os Desaparecidos Políticos na região por conta do conflito armado.