mebendazol sirop Indikation

 

O Ministério Público Federal (MPF) e a Defensoria Pública da União (DPU) convidaram órgãos públicos e organizações não governamentais para discutir soluções que garantam qualidade no acolhimento em Belém (PA) dos indígenas Warao, que estão migrando da Venezuela para o Brasil.

A reunião será nesta quinta-feira (28), às 14 horas, no prédio que abriga a sede do MPF na capital paraense (edifício Evolution, na travessa Dom Romualdo de Seixas, 1476, entre as ruas Domingos Marreiros e Antônio Barreto, no bairro do Umarizal).

Serão debatidos temas como local de acolhimento, segurança alimentar, documentação, regularização (refúgio, residência temporária etc), saúde, educação, entre outros.

O MPF convidou para a reunião a Fundação Nacional do Índio (Funai), a delegacia de imigração da Polícia Federal, o Ministério Público do Estado, as secretarias de Saúde e de Educação do Estado e da capital, o Conselho Tutelar, os responsáveis pelo programa Consultório na Rua, do Ministério da Saúde, a Cruz Vermelha, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Cáritas Brasileira.

Também foram convidadas a Fundação Papa João XXII (Funpapa) e as secretarias de Estado de Assistência Social e de Justiça e Direitos Humanos.

Ministério Público Federal no Pará
Assessoria de Comunicação
(91) 3299-0148 / 98403-9943 / 98402-2708
prpa-ascom@mpf.mp.br
www.mpf.mp.br/pa
www.twitter.com/MPF_PA
www.facebook.com/MPFederal
www.youtube.com/canalmpf

FONTE: http://www.mpf.mp.br/pa/sala-de-imprensa/noticias-pa/qualidade-no-acolhimento-a-indigenas-venezuelanos-em-belem-pa-sera-tema-de-reuniao