mebendazol y albendazol

 

O filme que narra os bastidores do impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff estreou com grande aceitação do público do festival. De acordo com o crítico de cinema e jornalista Filippo Pitanga, que acompanha o evento, após a exibição do documentário, o público aplaudiu de pé durante toda a exibição dos créditos e prosseguiu com os aplausos por longos minutos com a chegada da diretora do documentário.

Ao longo de pouco mais das duas horas do filme, a diretora de “Justiça”, “Juízo” e “Morro dos prazeres”, percorre os corredores e gabinetes da Câmara e do Senado federais colada nos protagonistas do histórico processo. Assim, traz à tona os bastidores do golpe que depôs a presidenta eleita com mais de 54 milhões de votos.

Sem voz em “off” nem entrevistas, o documentário mostra, além disso, as conversas de corredor, os encontros de dirigentes políticos, assim como os momentos de tensão nos bastidores e nas ruas.

De acordo com Pitanga, essa é uma das edições mais politizadas do festival e a produção brasileira deixou Berlim “de joelhos ao Brasil”.

“Impressionante o efeito que ele [o documentário] causou. É uma verdadeira arma de reconstrução de massa”, avaliou o jornalista.

Assista ao vídeo com a recepção do público:

Do Portal Vermelho, com agências

FONTE: http://www.vermelho.org.br/noticia/307993-1