Escolha uma Página

 

A pré-candidata do PCdoB à Presidência da República, Manuela D’Ávila voltou a falar de segurança pública e  defendeu a necessidade de uma grande reforma na segurança pública do Brasil, em vídeo publicado nas suas redes sociais.

Manuela ressaltou que a violência no Brasil é dirigida especialmente contra alguns grupos, os jovens negros, as mulheres, os homossexuais, transexuais e os trabalhadores da segurança pública. “É preciso dar um basta nisso”.

“Alguns defendem como saída única aumentar o número de presos no Brasil. Eles não falam a verdade. Eles não contam que nos últimos 15 anos o número de presos aumentou no Brasil em 270%. E que isso só fortaleceu o crime e as organizações das facções”, explicou.

“A morte de Marielle e de todas as brasileiras e brasileiros devem ser respondidas, evidentemente, com a prisão dos seus assassinos. Mas não apenas com isso”.

A pré-candidata do PCdoB destacou que é preciso um plano baseado em evidências do que já funcionou em outros lugares. “Um plano que garanta, ao mesmo tempo, mais inteligência a serviço das polícias e que evite que novos jovens trilhem o caminho da criminalidade”.

Assista o vídeo na íntegra: