Escolha uma Página

Polícia Federal cumpriu, nesta quinta-feira (03), 12 mandados de busca e apreensão relacionados a chacina de “Pau D’Arco”. A ação da PF foi realizada nos Estados do Pará, Rio de Janeiro e em Goiás, sendo sete em Redenção, três em Belém, um no Rio de Janeiro e um em Goiânia.

Segundo a PF, essa fase da investigação busca elucidar a eventual participação de outras pessoas, que poderiam ter recebido ou ofertado qualquer tipo de vantagem relacionada ao cumprimento das ordens de prisão dos posseiros acampados na Fazenda Santa Lúcia, no dia 24 de maio de 2017, na cidade de Pau D’Arco, que resultou na morte de 10 pessoas.

“Todos os mandados foram cumpridos, coletamos uma grande de quantidade de material, que agora deverá ser encaminhado para Belém, onde passará por perícia”, afirmou o delegado Rômudo Rodovalho, da PF. “Ainda não podemos afirmar sobre como os investigados teriam participado do caso, já que ainda estamos na fase de apuração para comprovar se houve realmente envolvimento com o crime. A análise do material nos dirá isso”.

Os nomes dos investigados não foram divulgados e não há previsão para a conclusão do trabalho de perícia.

O CRIME

O crime ocorreu do dia 24 de maio do ano passado, quando 10 trabalhadores foram mortos durante uma ação de reintegração de posse realizada por policiais militares na fazenda Santa Lúcia, em Pau D’Arco. Na ocasião, os polciais envolvidos na ação adulteraram a cena do crime.

Trabalhos de perícia no local e exames de balísticas comprovaram que não houve confronto entre policiais e trabalhadores, e o próprio Governo que chegou a admitir que o caso foi uma execução. O caso de Pau D’Arco foi a maior chacina no campo do Estado desde o massacre de Eldorado dos Carajás.

(DOL)

FONTE: http://www.diarioonline.com.br/noticias/para/noticia-505291-chacina-de-pau-darco-pf-cumpre-mandados-e-apreende-material-para-investigacao.html