Escolha uma Página

 

Na última quinta (2), ocorreu o Ato “Chega de Genocídio da População Negra”, organizado pelo 39° Encontro de Estudantes de Comunicação Social

por Raoni Arraes

Na última quinta (2), ocorreu o Ato “Chega de Genocídio da População Negra”, organizado pelo 39° Encontro de Estudantes de Comunicação Social – que ocorre entre 30 de julho e 5 de agosto – cujo o tema do evento é “Comunicação, Negritude e Povos da Amazônia”. Com o intuito de levantar a discussão das dificuldades e problemas sociais que a população da Amazônia paraense enfrenta, e também apresentar as diversas formas de viver e ser na Amazônia.

Entre mesas, oficinas, palestras e vivências que o encontro está proporcionando para estudantes de diversas regiões do país, também hou ve a organização de um ato pela vida da população negra, segundo a campanha “Vidas Negras”, lançada pelas Nações Unidas no país em novembro de 2017, a cada 23 minutos um jovem negro é assassinado no Brasil, em resposta a isso, os estudantes de comunicação foram as ruas do bairro do Guamá, que é o mais populoso da cidade Belém e onde se localiza a Universidade Federal do Pará.

Foram as ruas, por Marielle, por Anderson, Marcus Vinícius e por cada um dos jovens que viram estatísticas da violência contra a população negra no Brasil.

                        

texto e foto: Raoni Arraes