Escolha uma Página

 

Coligação entre PT e PCdoB é firmada após reunião entre as siglas; debate na Executiva petista ocorreu neste domingo (5)

Fernando Haddad foi definido como o candidato a vice na chapa à presidência encabeçada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O PT anunciou a decisão na noite deste domingo (5), após reunião da Executiva Nacional do partido, em São Paulo (SP). Na mesma noite, dirigentes do PT e do PCdoB se reuniram para definir a formação de uma coligação entre os partidos.

Em coletiva de imprensa após a definição, a presidenta do PT, a senadora Gleisi Hoffmann, afirmou que “a tradição do PT sempre foi a de disputar eleições em coligações”. A parlamentar relatou que partiu do próprio Lula o convite para que Manuela integrasse a chapa.

“Nós entendemos que a candidatura de Manuela D’Ávila cumpriu um papel importantíssimo nessa unidade que estamos tendo para dar sustentação à candidatura de Lula. Ou seja, a formação de um campo progressista e popular para voltar a governar o país”, reforçou a petista, lembrando que o perfil jovem e de uma mulher fortalece a chapa.

A decisão pelo nome de Haddad como candidato a vice-presidente é “para fazer a representação de Lula durante esse processo, até tão logo se estabilize juridicamente a sua situação”, salientou a senadora. Gleisi informou que “Haddad e Manuela já vão sair numa agenda firme e forte pelo país, defendendo um  programa de governo progressista e popular”, e que estarão juntos e “hermanados” na coligação PT, PCdoB, PROS e PCO.

Luciana Santos, presidenta nacional do PCdoB, afirmou a importância da unidade ampla da esquerda neste momento. “É necessário que a gente interrompa essa agenda antipovo e antinacional que está sendo imposta ao povo brasileiro por meio de um golpe de Estado. Nesse sentido, as eleições ganham uma dimensão extraordinária. É nesse embate das eleições que está a oportunidade de retomarmos um projeto nacional e popular para o Brasil”, pontuou.

“Por uma circunstância objetiva, até que se defina as pendências legais desse processo, Fernando Haddad é o porta-voz da candidatura do presidente Lula e, junto com Manuela D’Ávila, vai percorrer esse país, debatendo ideias e fazendo com que, nessa relação que temos com o PT de 30 anos, o PCdoB vá ocupar a vice-presidência na chapa; e, para nós, nos honra muito. E vamos vencer as eleições pela quinta vez consecutiva”, finalizou Luciana.

O candidato a vice-presidente pelo PT, Fernando Haddad, fez elogios ao papel que Manuela D’Ávila vem desempenhando em sua pré-campanha junto aos setores progressistas e de resistência, além de ressaltar a liderança que Lula desempenha para a esquerda.

“Tenho certeza que apesar de todo o constrangimento e perseguição que sofre, o presidente Lula só cresce em entusiasmo e determinação, e vontade de governar e resgatar a dignidade das pessoas, para que as pessoas tenham esperança de novo no Brasil. E estamos anunciando ao país uma grande aliança rumo a esse resgate”, declarou.

Haddad reforçou ainda que este momento será o de compatibilizar os programas de governo dos partidos e “rodar o país levando a voz de Lula”.

O primeiro anúncio foi feito por meio das contas oficiais de Lula nas redes sociais. “Vamos com Lula e Fernando Haddad. Pra fazer #OBrasilFelizDeNovo!”.

FONTE: https://www.brasildefato.com.br/2018/08/06/pt-indica-fernando-haddad-como-vice-na-chapa-com-lula/